Presidente em exercício quer políticas diferenciadas de educação para manter jovens no campo

Mesmo com a agenda apertada, o presidente em exercício da Assembleia Legislativa e titular da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo, deputado Alceu Barbosa Velho (PDT), participou no Plenarinho da audiência pública das comissões de Agricultura e de Educação sobre a “Educação no Campo”e destacou a importância da educação para o desenvolvimento da sociedade. Disse que a educação no campo deve ser vista como instrumento capaz de proporcionar aos jovens perspectivas de permanência no local com qualidade de vida igual ou até superior às que podem ser encontradas na cidade. Salientou as dificuldades enfrentadas pelos jovens que vivem no meio rural quanto a uma educação qualificada e voltada as suas necessidades. O encontro reuniu autoridades federais, estaduais e municipais, além de representantes de universidades, escolas rurais e entidades sindicais.

foto: Marcos Eifler

Imprensa destaca medida de proteção a produtores rurais, definida em reunião com secretário da Agricultura


O jornal Pioneiro deste sábado (12.05) destaca o anúncio de operação para coibir a entrada irregular de alho chinês no RS, o que prejudica os agricultores gaúchos. A medida foi acertada em reunião agendada pelo deputado estadual Alceu Barbosa Velho (PDT) com o secretário estadual da Agricultura, Luís Fernando Mainardi, em Porto Alegre, da qual participaram também o prefeito de São Marcos, Evandro Ballardim (PMDB) e lideranças do setor como Olir Schiavenin.
Leia o texto na íntegra:

12/05/2012 | N° 11372

AGRICULTURA

Operação coibirá entrada de alho chinês no RS

Caxias do Sul – A Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Agronegócio dará início segunda-feira a uma operação de emergência nas fronteiras estaduais para coibir a entrada de alho proveniente da China e que ingressa no Brasil por meio da Argentina, Uruguai e Paraguai. A medida foi acertada em reunião do secretário Luís Fernando Mainardi com o deputado estadual Alceu Barbosa Velho (PDT), o prefeito de São Marcos, Evandro Ballardim (PMDB), e lideranças do setor.
Ainda não estão detalhados os postos e aduanas onde a fiscalização se intensificará, mas sabe-se que grande parte do produto chinês irregular entraria no RS por cidades fronteiriças da região noroeste.
De acordo com o gerente de Defesa Vegetal da Secretaria da Agricultura, José Cândido Motta, o trabalho será efetuado em conjunto com a Superintendência Regional do Ministério da Agricultura, conforme foi definido em contato com o superintendente regional Francisco Signor. Além disso, a iniciativa está sendo comunicada aos sistemas de defesa dos Estados de Santa Catarina e Paraná.
Conforme o presidente do Sindicato dos Trabalhdores Rurais de Flores da Cunha e presidente da Associação Estadual dos Produtores de Alho, Olir Schiavenin, é comum as cargas de alho ingressarem no Estado embaixo das de cebola:
– Poderíamos triplicar a produção no país e criar muitos empregos se não houvesse essa concorrência desleal. A demanda é de cerca de 220 milhões de quilos. Tempos atrás, conseguíamos fornecer entre 70% e 80% do que era consumido no país, mas o produtor não quer plantar mais por causa do grande volume de importação. Hoje, a produção de alho no Brasil varia entre 70 e 80 milhões de toneladas, apenas.

(Alexandra Baldisserotto)

Deputados convidados a visitar a Festa Nacional da Uva

Os deputados estaduais foram convidados a visitar a Festa Nacional da Uva, em Caxias do Sul. A visita oficial, conforme convite entregue ao presidente da Casa, deputado Alexandre Postal (PMDB), acontecerá no próximo dia 29, quando os parlamentares irão ao Parque de Eventos e serão recepcionados com um jantar. O convite foi entregue pelos representantes caxienses na Assembleia Legislativa, Alceu Barbosa Velho (PDT), Maria Helena Sartori (PMDB), Marisa Formolo (PT). “Pelo que significa a Festa da Uva da Uva como balizadora da economia de Caxias e região é fundamental a presença dos parlamentares, afirmou Alceu Barbosa. Os parlamentares, também estão convidados a participar, da solenidade de abertura da Festa da Uva nesta próxima quinta-feira”, receberam uvas, que, afinal de contas, são a razão de ser da festa, que será realizada de 16 de fevereiro a 4 de março.

Missa pela boa colheita, com a bênção de Nossa Senhora da Uva

Maicol Venturin, Alceu, Euclides Venturin e José Ivo Sartori


O Deputado Estadual Alceu Barbosa Velho (PDT) assistiu à missa em agradecimento pela colheita da uva, celebrada no sábado (11/02), na propriedade da família Venturin, em Monte Bérico, interior de Caxias do Sul. Também estavam presentes o prefeito José Ivo Sartori, a primeira dama e deputada estadual Maria Helena Sartori, a rainha da Festa da Uva 2012 Roberta Veber Toscan e a princesa Kelin Zanette, além de familiares do agricultor Euclides Venturin e convidados.
A missa foi celebrada junto aos parreirais. Logo no início, as soberanas levaram ao altar a imagem de Nossa Senhora da Uva (foto na galeria ao lado). No ofertório, pão e vinho foram depositados no altar, onde também estava a padroeira da família, Santa Bárbara. Depois da bênção final, os convidados visitaram os parreirais e degustaram as uvas produzidas no local.
Os Venturin são pioneiros no cultivo de uvas protegidas (plasticultura) e se destacam pela qualidade das frutas cultivadas na propriedade. Foi nos parreirais desta família, em Monte Bérico da 9ª Légua, que começou a tradição de celebrar a abertura da Colheita da Uva, hoje festa itinerante regulamentada pela Lei Municipal de autoria do ex-vereador Getúlio Demori (PP).
(Alexandra Baldisserotto)

Colhendo uva na centenária cantina Demori, em São Luís da 6ª Légua

Deputado Alceu, prefeito Sartori, deputada Maria Helena, lideranças do setor agrícola e o vereador Francisco Spiandorello na colheita da uva (Foto Luiz Chaves)

O Deputado Estadual Alceu Barbosa Velho (PDT) participou da 4ª Festa de Abertura Oficial da Colheita da Uva, neste domingo (05.02), em São Luís da 6ª Légua, interior de Caxias do Sul. Depois da missa em ação de graças, a colheita simbólica foi realizada num parreiral da centenária Cantina Demori, juntamente com o prefeito José Ivo Sartori (PMDB), Soberanas da Festa da Uva 2012 e diversas autoridades e convidados.
Caxias do Sul apresenta uma média de produção de uva em torno de 64 mil toneladas ao ano. Mais de 1,7 mil famílias de produtores rurais mantêm viva a atividade no Município. As variedades mais cultivadas na região são Isabel, Bordô, Niágara, Lorena e Cabernet.
A Festa de Abertura Oficial da Colheita da Uva é itinerante e tem como base lei municipal de autoria do ex-vereador Getúlio Demori. A promoção é da Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), em parceria com o Sindicato Rural e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
(Alexandra Baldisserotto, com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura)