Imprensa destaca medida de proteção a produtores rurais, definida em reunião com secretário da Agricultura


O jornal Pioneiro deste sábado (12.05) destaca o anúncio de operação para coibir a entrada irregular de alho chinês no RS, o que prejudica os agricultores gaúchos. A medida foi acertada em reunião agendada pelo deputado estadual Alceu Barbosa Velho (PDT) com o secretário estadual da Agricultura, Luís Fernando Mainardi, em Porto Alegre, da qual participaram também o prefeito de São Marcos, Evandro Ballardim (PMDB) e lideranças do setor como Olir Schiavenin.
Leia o texto na íntegra:

12/05/2012 | N° 11372

AGRICULTURA

Operação coibirá entrada de alho chinês no RS

Caxias do Sul – A Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Agronegócio dará início segunda-feira a uma operação de emergência nas fronteiras estaduais para coibir a entrada de alho proveniente da China e que ingressa no Brasil por meio da Argentina, Uruguai e Paraguai. A medida foi acertada em reunião do secretário Luís Fernando Mainardi com o deputado estadual Alceu Barbosa Velho (PDT), o prefeito de São Marcos, Evandro Ballardim (PMDB), e lideranças do setor.
Ainda não estão detalhados os postos e aduanas onde a fiscalização se intensificará, mas sabe-se que grande parte do produto chinês irregular entraria no RS por cidades fronteiriças da região noroeste.
De acordo com o gerente de Defesa Vegetal da Secretaria da Agricultura, José Cândido Motta, o trabalho será efetuado em conjunto com a Superintendência Regional do Ministério da Agricultura, conforme foi definido em contato com o superintendente regional Francisco Signor. Além disso, a iniciativa está sendo comunicada aos sistemas de defesa dos Estados de Santa Catarina e Paraná.
Conforme o presidente do Sindicato dos Trabalhdores Rurais de Flores da Cunha e presidente da Associação Estadual dos Produtores de Alho, Olir Schiavenin, é comum as cargas de alho ingressarem no Estado embaixo das de cebola:
– Poderíamos triplicar a produção no país e criar muitos empregos se não houvesse essa concorrência desleal. A demanda é de cerca de 220 milhões de quilos. Tempos atrás, conseguíamos fornecer entre 70% e 80% do que era consumido no país, mas o produtor não quer plantar mais por causa do grande volume de importação. Hoje, a produção de alho no Brasil varia entre 70 e 80 milhões de toneladas, apenas.

(Alexandra Baldisserotto)

Epopeia Imigrante: um marco para a comunidade de Ana Rech e para Caxias

O Deputado Alceu Barbosa Velho (PDT) participou, nesta segunda-feira (23), da inauguração da Epopeia Imigrante, uma série de 15 painéis de 1,70 m por 2,80 m, em alto e baixo-relevo, que resgatam a história da imigração italiana. Os quadros remetem à cultura, aos sentimentos, ao sofrimento e à força de um povo estrangeiro que adotou o Brasil e o Rio Grande do Sul para a reconstrução de suas vidas. Neles é possível conferir detalhes do dia-a-dia da época da imigração, como a derrubada da mata, o trabalho da mulher, a plantação, a forte religiosidade, as festas, a vida em comunidade, a vindima e a presença forte de Ana Rech, imigrante vinda de Pedavena (Itália) que acabou dando nome à localidade. O trabalho foi desenvolvido pelos artistas Jesiel Bellini e André Gnatta.
Impressionado com a beleza e a grandiosidade da obra, Alceu cumprimentou as lideranças de Ana Rech e apoiadores da iniciativa. “A comunidade e os incentivadores estão de parabéns. Devemos homenagear a figura do padre João Leonir Dall’Alba, artista falecido em 2006, reconhecido como o grande idealizador desta magnífica obra. Vale muito a pena vir conhecer”, disse. O frio que fez à noite não impediu que centenas de pessoas acompanhassem a inauguração. Também estiveram presentes o prefeito José Ivo Sartori, a primeira dama, deputada Maria Helena Sartori, o reitor da UCS, Isidoro Zorzi, o secretário da Cultura, Antônio Feldmann, o diretor da Fundação Marcopolo, Osmar Piola, os padres Bruno Barbieri e Ernesto Camerini, entre inúmeros outros convidados.
A Epopeia Imigrante fica num espaço público coberto, ao lado do Colégio Murialdo de Ana Rech, em Caxias do Sul. A iniciativa é da comunidade, por meio da Associação Amigos de Ana Rech (Samar), com financiamento do Ministério da Cultura (Lei Rouanet).
(Alexandra Baldisserotto, com foto de Antônio Lorenzett)

Missa pela boa colheita, com a bênção de Nossa Senhora da Uva

Maicol Venturin, Alceu, Euclides Venturin e José Ivo Sartori


O Deputado Estadual Alceu Barbosa Velho (PDT) assistiu à missa em agradecimento pela colheita da uva, celebrada no sábado (11/02), na propriedade da família Venturin, em Monte Bérico, interior de Caxias do Sul. Também estavam presentes o prefeito José Ivo Sartori, a primeira dama e deputada estadual Maria Helena Sartori, a rainha da Festa da Uva 2012 Roberta Veber Toscan e a princesa Kelin Zanette, além de familiares do agricultor Euclides Venturin e convidados.
A missa foi celebrada junto aos parreirais. Logo no início, as soberanas levaram ao altar a imagem de Nossa Senhora da Uva (foto na galeria ao lado). No ofertório, pão e vinho foram depositados no altar, onde também estava a padroeira da família, Santa Bárbara. Depois da bênção final, os convidados visitaram os parreirais e degustaram as uvas produzidas no local.
Os Venturin são pioneiros no cultivo de uvas protegidas (plasticultura) e se destacam pela qualidade das frutas cultivadas na propriedade. Foi nos parreirais desta família, em Monte Bérico da 9ª Légua, que começou a tradição de celebrar a abertura da Colheita da Uva, hoje festa itinerante regulamentada pela Lei Municipal de autoria do ex-vereador Getúlio Demori (PP).
(Alexandra Baldisserotto)

Em Brasília na homenagem aos 80 anos Festa da Uva

Alceu integra grupo de autoridades gaúchas, representando a Assenbleia, na homenagem aos 80 anos da Festa da Uva. Foto: André Oliveira

O deputado Alceu Barbosa Velho (PDT), 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, participou na manhã desta terça-feira da sessão solene na Câmara dos Deputados, em Brasília, em homenagem aos 80 anos da Festa Nacional da Uva. A solenidade durou duas horas e a aconteceu no Plenário Ulysses Guimarães. Contou com a presença de uma comitiva da Festa, com as soberanas e o casal presidente do evento, Gelson e Gladis Palavro, do Prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori, de empresários e lideranças caxienses. Durante o ato solene, o autor da proposta de homenagem, Deputado Assis Mello falou sobre a importância do evento não só para o crescimento de Caxias do Sul, mas de uma região. E o Prefeito Sartori afirmou que a Festa da Uva é um verdadeiro patrimônio que inclui uma diversidade étnica e cultural impressionante. O presidente da Festa da Uva, Gelson Palavro, lembrou da uva como a rainha da festa. Palavro agradeceu a homenagem da Câmara dos Deputados e afirmou que o evento é realizado por diversas mãos, comprovando assim o sucesso de todas as edições.
Após o encerramento da sessão, foi realizado o ato de instalação da Exposição 80 Anos da Festa da Uva, no hall da Taquigrafia da Câmara dos Deputados. A exposição fica aberta para visitação até o dia 10 de fevereiro. Um painel de 11 metros mostra imagens da cidade e da festa.

Na comitiva da Festa da Uva, para acompanhar homenagem especial em Brasília


O Deputado Alceu Barbosa Velho (PDT), 2º vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia, estará em Brasília nesta terça-feira (7) integrando a comitiva caxiense que participa da sessão solene da Câmara dos Deputados comemorativa aos 80 anos da Festa da Uva. A homenagem, proposta pelo deputado federal Assis Melo (PCdoB/RS), e assinada também pelo deputado Pepe Vargas (PT/RS), será realizada na sala Ulisses Guimarães.
Após a sessão, acontece o Ato de Instalação da Exposição 80 Anos da Festa da Uva, no Hall da Taquigrafia da Câmara dos Deputados, que fica aberta para visitação até o dia 10 de fevereiro. Um painel de 11 metros mostrará imagens da cidade e da festa.

A delegação caxiense, da qual o deputado Alceu Barbosa faz parte, é integrada por diretores da Festa da Uva e Soberanas. Eles viajam nesta segunda (6) para Brasília, onde também irão formalizar o convite para abertura do evento em alguns ministérios. A agenda na Esplanada dos Ministérios é a seguinte: 14h, visita ao Ministro Turismo, Gastão Vieira, e ao secretário executivo do Ministério do Turismo, Valdir Moyses Simão; e, às 15h, visita à Ministra da Cultura, Ana Buarque de Holanda.
Em outubro do ano passado, Alceu Barbosa presidiu a sessão solene da Assembleia Legislativa, que assinalou a passagem das oito décadas da Festa da Uva. A edição 2012 do evento ocorre de 16 de fevereiro a 4 de março em Caxias do Sul.